Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Pretinho da Serrinha reivindica ‘poder pra nossa gente’ em single no Dia da Consciência Negra

Compartilhe:
pretinho-da-serrinha-leo-aversa

Quase um ano após apresentar o primeiro álbum solo, Som de Madureira (2018), Pretinho da Serrinha volta ao mercado fonográfico com inédito single autoral, Poder pra nossa gente, programado para ser lançado nesta quarta-feira, 20 de novembro, Dia da Consciência Negra.

Samba melódico que descende da linhagem nobre da produção de bambas como Jorge Aragão, Poder pra nossa gente é composição assinada pelo artista em parceria com Wilson Prateado, produtor musical do fonograma em função dividida com o próprio Pretinho.

Nascido Ângelo Vitor Simplício da Silva, Pretinho da Serrinha toca cavaquinho, pandeiro e tamborim neste single arranjado por Prateado, gravado em junho e mixado neste mês de novembro de 2019. O luxuoso toque do surdo de Gordinho também sobressai no registro de Poder pra nossa gente, samba caracterizado por Pretinho como “grito de alerta”.

Na letra, sem levantar a voz na defesa deste samba em tom menor, o cantor, compositor e músico carioca ergue a bandeira da paz e do amor ao reivindicar poder para “gente que não foge do batente”.

♪ Eis a letra do samba Poder pra nossa gente:

Poder pra nossa gente

(Wilson Prateado e Pretinho da Serrinha)

Sou encanto, acalanto

Alforria, fé e pranto

Sei também que não sou santo

Sua luz ou seu espanto

Eu sou

Cego de amor

Contraponto, contracanto

Não sou branco eu sou banto

O respeito é o que eu planto

Através desse meu canto

Eu vou

Cego de amor

Quando a gente vê a vida

Mais livre mais colorida

Põe o amor na direção

Paz no coração

Vejo um mundo diferente

Mais poder pra nossa gente

Que não foge do batente

Pra ganhar o pão

Deixe seu comentário:

Curta no Facebbok

Siga no Instagram

No images found!
Try some other hashtag or username