Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Emerson Leal atualiza, no single ‘Namoradinha de uma amiga minha’, dilema juvenil de Roberto Carlos em 1966

Compartilhe:
emersonlealnamoradinhadeumaamigaminha

Em 1966, no auge do reinado da Jovem Guarda, Roberto Carlos expôs dilema afetivo ao revelar estar “amando loucamente” a namorada de um amigo.

Desde então, a música Namoradinha de um amigo meu – composição de autoria somente de Roberto, sem a assinatura do habitual parceiro Erasmo Carlos – virou um dos maiores sucessos do cantor e teve o sentido original subvertido ao ser abordada em shows por cantoras como Adriana Calcanhotto (nos anos 1990) e Ana Carolina (no corrente show Fogueira em alto mar).

Já Emerson Leal – cantor e compositor baiano que ganhou visibilidade em 2011 ao ser elogiado publicamente por Chico Buarque (“O cara é fera”) – vai além e dialoga com o discurso de Roberto Carlos no singleNamoradinha de uma amiga minha, que lançará em 20 de setembro.

A música é de autoria de Leal e abre ciclo na carreira do artista, atualmente radicado na cidade de São Paulo (SP) após ter vivido anos no Rio de Janeiro (RJ).

Em arranjo pop eletrônico que embute rap na gravação produzida pelo próprio Leal na pisada do baião, Namoradinha de uma amiga minha repõe o dilema juvenil de Roberto Carlos em cena.

A reposição é feita em sintonia com as atuais conquistas feministas – incompatíveis com o sentimento de posse masculina da mulher, explicitado na letra de Roberto Carlos (respaldada pela moral da época) através do verso “O que é dos outros não se deve ter” – e também com a exposição da normalidade da união feminina homoafetiva retratada na letra de Leal, como enfatiza a musicista e compositora Adriana Telles, mestra em Letras e Linguística, ao apresentar a música inédita de Emerson Leal.

Deixe seu comentário:

Curta no Facebbok

Siga no Instagram

No images found!
Try some other hashtag or username